Uncategorized

Assembléia de Doadores (AD)

A Assembléia de Doadores do FAP tem como principal função garantir a integridade financeira e finalística do FAP.

As instituições doadoras do FAP cujos regimentos as impossibilitem de participar da Assembleia de Doadores serão, mesmo assim, consultadas a respeito dos temas atinentes a AD para não-objeção.

As decisões da assembléia de doadores são tomadas em maioria simples de votos, computados entre todas as instituições e as pessoas físicas doadoras ao FAP, participantes ou não da AD. Os votos de cada doador (pessoa física ou jurídica) são calculados em função do montante doado, detendo mais votos aqueles que mais doaram ao FAP, conforme sistemática estabelecida no Regimento Interno do FAP.

Caberá à Assembléia de Doadores:

  •  Revisar e aprovar (ou dar a não-objeção para) as diretrizes para a política de investimentos financeiros do FAP bem como a estratégia de sua implementação;
  •  Acompanhar os resultados técnicos e financeiros do fundo fiduciário;
  •  Decidir o volume máximo de retirada anual do FAP para o apoio às despesas autorizadas nas unidades de conservação;
  •  Acompanhar o cronograma físico-financeiro das despesas autorizadas para as unidades de conservação;
  •  Acompanhar as atividades de gerenciamento do fundo realizadas pelo Funbio;
  •  Acompanhar os relatórios físico-financeiros elaborados pelo Funbio;
  •  Aprovar a estratégia de captação de recursos;
  •  Aprovar o manual operacional do FAP;
  •  Decidir sobre ritmo de recomposição de recursos no caso de rendimentos negativos.
  •  Demais competências definidas no regimento interno.