Notícias, Notícias sobre o Arpa

Comitê do Fundo de Trânsição do Arpa aprova a nova política de investimentos do Programa

Por Renata Gatti

No dia 10 de fevereiro, os membros do Comitê do Fundo de Transição (CFT) do Arpa se reuniram em Brasília para discutir as rotinas do grupo. Durante o encontro, o presidente Paulo Sodré e a vice-presidente Avecita Chicchon assinaram a Política de Investimentos aprovada pelos membros do CFT.

A Política de Investimento é o documento que estabelece as regras e os princípiosa serem observados para a aplicação dos recursos do Fundo de Transição (FT), com vistas a assegurar a conservação da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos em 60milhões de hectares da Amazônia Brasileira. A meta deve ser cumprida por meio da gestão efetiva das Unidades de Conservação (UCs) apoiadas pelo Programa Arpa durante os 25 anos que compõem a sua Fase III.

Comitê do Fundo de Transição reunido em Brasília. Foto: Paulo de Araújo/ MMA

A última reunião do CFT também atualizou o status de execução das 7 UCs que receberam recursos no primeiro desembolso do FT realizado em 2014, da situação do financiamento do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e da captação de recursos junto a novos doadores. O Coordenador do Arpa, Thiago Barros, apresentou o panorama atual de implementação das condições de desembolso que nortearão os próximos ciclos de desembolso do CFT para as UC apoiadas pelo Arpa.

Durante o encontro, foram apresentados ainda os principais resultados do Programa. Finalmente, a Missão de avaliação do Arpa, conduzida pelo Banco Mundial entre os dias 27 de janeiro e 10 de fevereiro de 2015, foi oficialmente finalizada.