Financiamentos Internacionais 

A previsão inicial de recursos para dez anos de atuação do Arpa foi de US$ 395 milhões, entre investimentos diretos e indiretos nas unidades de conservação e para a capitalização do Fundo de Áreas Protegidas.

Entre 2003 e 2008, foram executados pelo Programa Arpa R$ 77,3 milhões.

Na primeira fase do programa, foram doados cerca de US$ 86 milhões, dos quais US$ 23,5 milhões constituíram o capital principal do FAP, cujos rendimentos serão aplicados para à manutenção das unidades de conservação já consolidadas.

Na Fase II, o Fundo Amazônia aportou adicionais R$ 20 milhões provenientes de acordo de fiannciamento externo não reembolsável.