Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

ICMBio define o perfil dos beneficiários da Resex Rio Cajari (AP)

No início de novembro, Macapá sediou o seminário “Subsídios para definição do perfil de beneficiários da Reserva Extrativista Rio Cajari”. O evento foi realizado em outubro pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), por meio da Coordenação de Políticas e Comunidades Tradicionais (COPCT) e a Reserva Extrativista Rio Cajari, em parceria com o Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS) e a Escola de Administração Pública (EAP), do Governo do Estado do Amapá.

O encontro foi destinado a fortalecer o Grupo de Acompanhamento, que tem por missão coordenar na UC o planejamento e a execução do Levantamento Populacional, do Diagnóstico Produtivo e do Acesso às Políticas Públicas, além de definir o perfil de beneficiário para possibilitar a homologação do Cadastro de Beneficiários da Reserva Extrativista Rio Cajari por seu Conselho Deliberativo.

O seminário contou com a participação de 76 lideranças e comunitários, principalmente jovens extrativistas, e teve como palestrantes os analistas ambientais Francisco Edemburgo, da Resex Rio Cajari; Kátia Regina Aroucha Barros, do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Sócio-biodiversidade Associada a Povos e Comunidades Tradicionais (CNPT/ICMBio); e Cristhophe Balmant, da COPCT; além do professor José Ambrósio, da Universidade Federal de Viçosa (UFV); professor Antônio Sérgio Monteiro Filocreão, vice-reitor da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e conselheiro da UC; Adalberto Carvalho Ribeiro, da Unifap e diretor-presidente da EAP; e Pedro Ramos de Sousa, sócio-fundador do Conselho Nacional das Populações Extrativistas – Coordenação Amapá.

Após discussão em grupos, os extrativistas apresentaram conclusões, propostas de melhoria e encaminhamentos de articulação interinstitucional em prol da realização das ações dentro dos prazos planejados e acordados, enfatizando que não haja ocorrência de atrasos. Houve, ainda, grande mobilização individual e interinstitucional para realização das ações de campo previstas para ocorrer em novembro e dezembro deste ano e janeiro de 2014. A parceria entre ICMBio, CNS e EAP deu tão certo que já está programada uma nova capacitação para ocorrer no período de 10 a 12 de dezembro. Desta vez, será para capacitar 15 extrativistas tradicionais na Oficina de Acesso ao Mercado Institucional para a Capacitação de Entidades Públicas.

* Matéria publicada pelo ICMBio em 06/11/2013