Notícias, Notícias dos Parceiros do Arpa

ICMBio é aceito oficialmente como membro da IUCN

Entrada ocorreu durante a 82ª reunião do Conselho da entidade

O Comitê Gestor do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) recebeu comunicado no final de novembro, informando que o Instituto foi aceito como membro da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN – sigla em inglês). A entrada oficial ocorreu na 82ª reunião do Conselho da IUCN, realizada em Gland, na Suíça, no dia 27 de novembro.

Para o ICMBio, não há dúvidas que ingressar na IUCN como membro é estratégico. “A IUCN é a organização global mais antiga para a conservação da biodiversidade. Reúne milhares de especialistas e cientistas de todo o mundo, que debatem os temas relativos a conservação da natureza. Por exemplo, o método mais utilizado no mundo para elaborar as listas de espécies ameaçadas de extinção foi desenvolvido pela UICN”, destaca o Coordenador-Geral de Manejo para Conservação do ICMBio, Ugo Vercillo.

Segundo Vercillo, além de serem feitas avaliações sobre a biodiversidade global, a IUCN produz orientações técnicas e científicas sobre todas as temáticas de conservação, como por exemplo, o modelo de áreas protegidas e conservação de espécies, além de guias práticos.

Como integrante da IUCN, o ICMBio passa a participar das reuniões da organização com maior peso, podendo apresentar propostas de ações e contribuir na construção de orientações técnicas produzidas pela organização. “A partir da entrada como integrante efetivo da IUCN, esperamos ter maior envolvimento na revisão e aperfeiçoamento de guias de manejo e também na metodologia de critérios e categorias de risco de extinção de espécies”, reforça o coordenador.
Comunicação ICMBio
(61) 3341-9290

* Matéria publicada no site do ICMBio em 05/12/2013