Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Moradores do rio Unini (AM) se reúnem em assembleia para apresentação de propostas de melhorias às famílias

A Associação de Moradores do Rio Unini (Amoru), no interior do Amazonas, realizou nos dias 22, 23 e 24 de julho, a 4ª Assembleia Geral da Reserva Extrativista (Resex) do Rio Unini, reunindo na comunidade do Tapiira aproximadamente 70 pessoas de outras dez vilas de moradores do rio.

O enconto faz parte de uma série de atividades organizadas pela associação criada em 2006 em parceria com a Fundação Vitória Amazônica (FVA), e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), que possibilitaram a criação da Resex do Rio Unini, concedendo aos moradores do rio, o acesso aos benefícios das políticas públicas e o direito a manter o seu modo tradicional e sustentável de vida.

Em três dias de evento, o encontro foi pautado por um conjunto de discussões acerca de alternativas econômica e ecologicamente viáveis em prol da qualidade de vida dos moradores das comunidades que integram o Unini.

Além do FVA, participaram diversas lideranças comunitárias, um membro do IBAMA, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), além de palestra com dois representantes do Batalhão Ambiental da Policia Militar do Estado do Amazonas e a Cooperativa dos Moradores do Rio Unini (Comaru).

Para o presidente de Amoru, José Dionísio da Silva, a assembleia reacendeu o desejo de mais mudanças positivas na vida dos povos tradicionais do Unini. “Essa assembleia foi especial, pois foi organizada exclusivamente pela nossa associação. Nada seria possível se não houvesse parceria e união entre as instituições que nos apoiam, além da preocupação dos nossos jovens envolvidos nas causas do rio”, disse.

Lideranças jovens

A novidade desta quarta edição ficou por conta do engajamento direto do grupo de Jovens Protagonistas do Rio Unini criado em 2013. A participação da equipe trouxe um olhar crítico e dinâmico para o evento.

Segundo o vice-presidente do grupo, Washington Souza da Silva, 21, a ocasião motivou ainda mais a participação dos jovens diante dos desafios encontrados nas comunidades do Rio Unini. “Esses três dias foram de extrema importância, pois aproximou mais os nossos jovens das discussões de interesse de todos que moramos aqui. O espaço foi uma forma de desenvolvimento para nós de uma forma geral”, falou.

Chamado da Floresta- A assembleia também foi uma oportunidade para apresentação da pauta que será apresentada no “Chamado da Floresta’’ que será realizada nos dias 28 e 29 de outubro, na comunidade São Pedro em Santarém, no Estado do Pará. Ao todo, três representantes jovens, acompanhados de um membro do ICMBio.

A ocasião também possibilitou pela primeira vez, o intercâmbio entre três representantes do projeto Jovens Protagonistas do Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do rio Negro, composto por cerca de 100 membros de 20 comunidades ao longo da bacia.

“Ficamos bastante gratos pelo convite, pois foi uma forma de conhecermos a realidade dos moradores de um ponto mais distante da nossa comunidade. Nesses três dias, trocamos experiências que deram certo em nossa localidade e no rio Unini, e abrimos uma nova possibilidade de mantermos contato”, destacou um dos membros do projeto, Moisés Freitas.

Artesanato- Além dos Jovens Protagonistas, a assembleia possibilitou a participação dos membros da Associação de Artesãos de Novo Airão (AANA) que trouxeram alternativas de interação profissional com a coleta e o uso do Arumã.

Outro momento importante da assembleia trouxe à tona as discussões em torno do potencial econômico do rio, com a apresentação final do planejamento realizado pelo Grupo de Trabalho (GT) do manejo do pirarucu e peixe ornamental formado pelos próprios moradores do Unini, com a participação do representante do IBAMA.

Sem a previsão de uma nova assembleia, os moradores pretendem colocar em prática nos próximos dias, todas as decisões tomadas coletivamente entre os participantes durante a reunião.

 Texto: Luciano Lima. Fotos: FVA

* Publicado no site da FVA em 27/07/2015