Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Parques nacionais se revitalizam de olho nas Olimpíadas e Copa 2014

Governo federal pretende aumentar número de visitantes às áreas protegidas

Parques nacionais das cinco regiões do país receberão investimentos do governo federal. Os ministérios do Meio Ambiente (MMA) e do Turismo financiarão R$ 10,4 milhões para a realização de obras de melhorias em 16 unidades no próximo ano. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (28/11), pelos dois ministros durante visita ao Parque Nacional de Brasília, que tem 42 mil hectares de área total e será o primeiro a ser beneficiado pelo programa. O objetivo da ação é ampliar o uso público e sustentável das áreas protegidas entre 2014 e 2020.

Os grandes eventos que o Brasil sediará, entre elas a Copa do Mundo de 2014, e as Olimpíadas de 2016, aparecem como um dos focos do programa. A intenção é atrair, para as unidades de conservação, os turistas que visitarão o País durante os eventos. “É uma ação para identificar possibilidades de negócio turístico e do chamado uso público ampliado dos parques, além do que já está sendo feito hoje”, destacou a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Para 2016, a previsão é oferecer cadeias produtivas de turismo e concessões de serviços turísticos em funcionamento nos parques do Rio de Janeiro, sede da Olimpíada. Até 2020, 69 parques nacionais brasileiros serão abertos à visitação. Conforma as estimativas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), esses espaços têm capacidade de gerar, apenas com turismo, pelo menos R$ 1,6 bilhão por ano.

CONSOLIDAÇÃO

A priorização de ações e a disponibilização de recursos resultam no aumento do público. Em 2006, a visitação anual em todo o Brasil era de 1,9 milhão de pessoas. Atualmente, passa de 6 milhões o total de visitantes dos parques nacionais em território nacional. “A preocupação é consolidar as unidades de conservação para manter a biodiversidade, além de estimular a vocação de uso múltiplo para que a sociedade brasileira possa desfrutar”, avaliou Izabella.

Somente para o Parque Nacional de Brasília, cuja área de convivência é conhecida popularmente como Água Mineral, serão destinados cerca de R$ 2 milhões. “Os investimentos permitirão ir além da visitação da Água Mineral. O brasiliense ter isso como um valor, como uma joia rara”, observou Izabella. De acordo com ela, o restante dos parques contemplados pelo programa serão visitados nos próximos meses. “Vamos promover a integração da esfera federal com a estadual”, emendou.
A medida vai alavancar o ecoturismo no país. O ministro do Turismo, Gastão Vieira, afirmou que os investimentos poderão estimular a competitividade do turismo brasileiro. “O Brasil pode aproveitar os recursos da natureza para aumentar o número de pessoas que nos visitam”, explicou. “Estamos definindo as oportunidades de atrair investidores que queiram aplicar recursos nos parques e nos preparar para trazer mais conforto para os frequentadores.””

Clique aqui para ver as fotos da visita dos ministros ao Parque Nacional de Brasília.

Clique aqui para ver os limites do Parque Nacional de Brasília.

Confira os 16 parques que receberão recursos adicionais em 2014:

Região Norte
Parque Nacional de Anavilhanas – Amazonas

Região Nordeste
Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses – Maranhão
Parque Nacional de Jericoacoara – Ceará
Parque Nacional de Ubajara – Ceará
Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha – Pernambuco
Parque Nacional da Chapada Diamantina – Bahia

Região Centro-Oeste
Parque Nacional da Brasília – Distrito Federal
Parque Nacional da Chapada dos Guimarães – Mato Grosso
Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros – Goiás

Região Sudeste
Parque Nacional da Serra do Cipó – Minas Gerais
Parque Nacional da Tijuca – Rio de Janeiro
Parque Nacional da Serra dos Órgãos – Rio de Janeiro
Parque Nacional de Itatiaia – Minas Gerais/Rio de Janeiro

Região Sul
Parque Nacional do Iguaçu – Paraná
Parque Nacional de Aparados da Serra – Rio Grande do Sul/Santa Catarina
Parque Nacional da Serra Geral – Rio Grande do Sul/Santa Catarina

* Matéria assinada por Lucas Tolentino e publicada no portal do MMA em 28/11/2013