Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Rebio Jaru é destaque em Brasília e Rondônia

A Reserva Biológica do Jaru, de Rondônia, foi assunto hoje na tribuna do Legislativo em Brasília e em Ji-Paraná

Na terça-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, a Reserva Biológica do Jaru, foi assunto no Legislativo. Na Câmara Federal, em Brasília, e na Câmara de Vereadores, em Ji-Paraná. O fato repercutiu nos sites de notícias do Estado.

O deputado federal Padre Ton (PT/RO) ressaltou a importância da Reserva Biológica do Jaru para o prêmio que o Banco Mundial recebe nesta quinta-feira, 7 de junho, em Washington, oferecido pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos.

“Rondônia recebe essa homenagem feita a todo o Brasil de modo muito especial, pois temos uma das reservas mais bem conservadas do País, que contribui para o Arpa hoje seja reconhecido pelos Estados Unidos”, disse o Padre Ton na tarde de hoje na Câmara Federal, em Brasília.

A Rebio Jaru é uma das duas únicas unidades de conservação da Amazônia que foram selecionadas para acessarem o recém-lançado Fundo de Áreas Protegidas (FAP), constituído pelo Arpa. Isto devido ao seu nível de preservação e à qualidade de seu funcionamento. Todas as ações na reserva são discutidas com seu conselho consultivo – integrado por órgãos governamentais, como o ICMBio e prefeituras do entorno, e organizações não-governamentais como a Colônia de Pescadores Z9.

Município

Em Ji-Paraná, a vereadora Márcia Regina (PT) também se manifestou na sessão legislativa da Câmara Municipal, destacando o fato de que a preservação de unidades como a Rebio Jaru é necessária para a reprodução da fauna, para o equilíbrio do clima, para a preservação dos rios e córregos que contribuem com as bacias hidrográficas brasileiras.