Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Resex do Cazumbá-Iracema (AC) recebe visita do Instituto Europeu de Design

A Reserva Extrativista (Resex) do Cazumbá-Iracema recebeu a visita do consultor de design, Fabiano Pereira, do Instituto Europeu de Design, juntamente com a coordenadora da Escola de Design do Acre, Elisangela Rocha, para conhecerem os produtos elaborados, o espaço de produção e os processos utilizados pelos artesãos locais, que usam o látex como matéria prima de suas obras.

A Escola de Design do Acre pretende iniciar em 2014, um projeto para criação de novos produtos, aprimorando os processos de produção e, com isso, promover o desenvolvimento da cadeia produtiva do artesanato de borracha. Esta iniciativa conta com a supervisão dos consultores do Instituto Europeu de Design, que busca agregar valor através da história e mostrar a importância do artesanato para a preservação da cultura seringueira, a proteção das florestas e ao mesmo tempo a geração de emprego e renda para várias famílias.

Na Reserva Extrativista do Cazumbá-Iracema, dois grupos trabalham o artesanato de borracha com técnicas diferentes. A técnica dos Encauchados de Vegetais da Amazônia, desenvolvida em parceria com o Pólo Probio, reúne 25 artesãos que confeccionam peças em forma de folhas naturais, utilizando basicamente látex e pó de serra. A outra técnica, desenvolvida pelo artesão Jilberto Maia, consiste na confecção de animais de borracha por meio do processo tradicional de defumação da borracha. Esta técnica vem sendo aperfeiçoada desde 2004 e atualmente, tanto a qualidade do produto, quanto a riqueza dos detalhes ao retratar a diversidade dos animais da floresta, são as marcas desse trabalho.

Com a visita ficou acertada a participação de cinco artesãos da reserva na capacitação, que será realizada em janeiro de 2014. O resultado da oficina será transformado em publicação e exposição, que em abril será exibida na Feira Internacional de Design, em Milão, na Itália.
Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

* Matéria publicada pelo ICMBio em 12/12/2013