Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Resex Ipaú-Anilzinho promove treinamento de cadastradores

A equipe da Reserva Extrativista (Resex) Ipaú-Anilzinho, localizada no Pará, realizou ao longo deste mês o treinamento de cadastradores para o levantamento de dados sobre as famílias, diagnóstico produtivo e de acesso à serviços e políticas públicas na unidade de conservação (UC) federal.

O treinamento, que compreende a primeira parte da ação, contou com a participação de 20 entrevistadores, entre comunitários da UC e alunos de instituições públicas federais, que receberam as instruções necessárias para atuarem com maior segurança, eficiência e de forma independente no processo de aplicação dos questionários. Durante o treinamento, os entrevistadores ainda receberam instruções sobre a utilização do GPS para o mapeamento das moradias das famílias a serem visitadas.

Para a chefe da reserva extrativista, Sheyla Leão, os resultados do treinamento foram positivos, pois permitiu o conhecimento e a familiarização dos colaboradores com os questionários a serem aplicados neste processo, a partir das informações e dos esclarecimentos prestados pelos coordenadores de campo.

A segunda parte da ação é a aplicação dos questionários padronizados de levantamento das famílias em unidades de conservação, disponibilizados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que ocorrerá em cinco comunidades da reserva: Joana Peres, Lucas, Xininga, Fé em Deus, Espírito Santo, que totalizam aproximadamente 635 famílias, distribuídas ao longo da BR-422 e as margens do Rio Tocantins.

O processo de levantamento de dados sobre as famílias em UC é uma ação realizada pelo ICMBio, com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), da Universidade Federal de Viçosa (UFV), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e tem como um dos seus objetivos identificar as famílias que residem ou utilizam as unidades de conservação de uso sustentável, seus modos de vida e trabalho.

Neste processo, a Reserva Extrativista Ipaú-Anilzinho ainda conta com o apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA). A previsão é de que a etapa de aplicação dos questionários na Reserva seja concluída até o dia 18 de dezembro de 2013.
Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

* Matéria publicada no portal do ICMBio em 28/11/2013