Notícias, Outras Notícias

Servidores do ICMBio participam de Seminário Internacional de Áreas Protegidas

Os servidores Alexandre Silva Oliveira, Cintia Brazão e Ivan Machado Vasconcelos, representantes dos Parques Nacionais do Rio Novo (PA), da Chapada dos Guimarães (MT) e do Cabo Orange (AP) participaram do 15º Seminário Internacional sobre Manejo de Áreas Protegidas. O evento ocorreu na cidade de Washington DC e no estado de Montana, nos Estados Unidos, entre os dias 16 de julho e 4 de agosto.

O seminário foi realizado pelo Serviço Florestal Americano (USFS), Consórcio Internacional de Manejo de Áreas Protegidas e universidades de Montana, Idaho e Colorado. A atividade faz parte do plano de trabalho da parceria firmada entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o USFS. O evento tem apoio da Cooperação Norte Americana (Usaid), no âmbito da parceria com o Ministério do Meio Ambiente. Para participar, os servidores foram selecionados pela Coordenação-geral de Gestão de Pessoas (CGGP/Diplan).

A capacitação é estruturada em torno de quatro temáticas principais: Planos Integrados de Áreas Protegidas; Envolvimento Comunitário; Turismo, Concessão e Manejo de Visitação e Manejo em Face as Mudanças Climáticas. Os participantes visitaram Florestas Nacionais, conheceram o manejo de suas áreas e o trabalho do Serviço Florestal Americano. Eles também tiveram a oportunidade de conhecer os Parques Nacionais Yellowstone e Glacier, discutir a gestão deles com as equipes das unidades e conhecer políticas públicas relacionadas a áreas protegidas dos EUA.

Participaram 30 pessoas de 20 países, o que possibilitou a troca e discussão dos diferentes contextos que as Unidades de Conservação estão inseridas. Segundo Cintia Brazão, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães recebe mais de 100 mil pessoas por ano e está em plena fase de estruturação para visitação. “Com o seminário foi possível trocar experiências e conhecimento sobre turismo em áreas protegidas em diferentes lugares do mundo”, relatou.

*Matéria publicada no ICMBio em foco no dia 22/08/2014