Notícias, Notícias sobre o Arpa

Seleção de especialistas para o Painel Científico de Aconselhamento do Arpa é prorrogada

Candidaturas serão aceitas até 9 de setembro

Por Fábia Galvão

Logomarca Programa ArpaEspecialistas em mudanças climáticas
, aspectos socioambientais e efetividade de gestão de áreas protegidas poderão se candidatar até 9 de setembro ao Painel Científico de Aconselhamento (PCA) do Programa Arpa. O mandato é de dois anos e os trabalhos têm caráter voluntário e colaborativo. O edital que prorroga o prazo de recebimento das candidaturas pode ser consultado aqui.

O PCA do Arpa tem cinco especialistas em sua composição e é uma instância consultiva do Programa. O grupo fornece embasamento científico e orienta a tomada de decisão da Unidade de Coordenação do Programa (UCP) em relação a temas ligados à biodiversidade, mudanças climáticas, aspectos socioambientais, valoração ambiental e efetividade de gestão de áreas protegidas.

Quando convocados, os membros do PCA recebem diárias e passagens para participarem das reuniões do Painel, realizadas preferencialmente em Brasília (DF). Embora as atividades de aconselhamento dos especialistas não sejam remuneradas, são oportunidades de colaborar com o maior programa de conservação de florestas tropicais do planeta.

Interessados em integrar o PCA do Arpa devem enviar seu currículo editado na plataforma Lattes para o e-mail arpa_ucp@mma.gov.br, indicando no campo “Assunto” em qual dos temas é especialista, seguindo o formato “PCA_especialista_em________”. O resultado da seleção será divulgado site www.programaarpa.gov.br a após deliberação do Comitê do Programa.

Saiba mais sobre o PCA do Programa Arpa

 

 

Notícias, Notícias sobre o Arpa

Arpa seleciona especialistas para o Painel Científico de Aconselhamento do Programa

Até 25 de agosto, especialistas em mudanças climáticas
, aspectos socioambientais e efetividade de gestão de áreas protegidas poderão se candidatar ao Painel Científico de Aconselhamento (PCA) do Programa Arpa. O mandato é de dois anos e os trabalhos têm caráter voluntário e colaborativo.

O PCA do Arpa tem cinco especialistas em sua composição e é uma instância consultiva do Programa. O grupo fornece embasamento científico e orienta a tomada de decisão da Unidade de Coordenação do Programa (UCP) em relação a temas ligados à biodiversidade, mudanças climáticas, aspectos socioambientais, valoração ambiental e efetividade de gestão de áreas protegidas.

Quando convocados, os membros do PCA recebem diárias e passagens para participarem das reuniões do Painel, realizadas preferencialmente em Brasília (DF). Embora as atividades de aconselhamento dos especialistas não sejam remuneradas, são oportunidades de colaborar com o maior programa de conservação de florestas tropicais do planeta. É o que explica um dos atuais membros do Painel: “Temos a chance de fazer parte de uma iniciativa que tem como meta a conservação de 60 milhões de hectares amazônicos. É uma contribuição singular à humanidade”.

Interessados em integrar o PCA do Arpa devem enviar até 25 de agosto seu currículo editado na plataforma Lattes para o e-mail arpa_ucp@mma.gov.br, indicando no campo “Assunto” em qual dos temas é especialista, seguindo o formato “PCA_especialista_em________”. O resultado da seleção será divulgado site www.programaarpa.gov.br a após deliberação do Comitê do Programa.

Acesse aqui a chamada pública nº 03/15, referente à seleção de especialistas para o PCA do Arpa

Saiba mais sobre o PCA do Programa Arpa

Notícias, Notícias sobre o Arpa

Painel Científico de Aconselhamento do Arpa vai avaliar propostas de criação e consolidação de novas UCs

Por Fábia Galvão e Renata Gatti

O Painel Científico de Aconselhamento (PCA) do Arpa retomou suas atividades na última sexta-feira (13). O grupo de pesquisadores que fornece orientações ao Programa baseado em informações técnicas e científicas esteve reunido em Brasília (DF) com a Unidade de Coordenação do Programa (UCP) para discutir as novidades e mudanças em relação ao início da execução da Fase III do Arpa.

Na abertura do encontro, Sérgio Carvalho, Diretor de Áreas Protegidas da Secretaria de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente (SBF/MMA),  demonstrou seu contentamento em poder contar com a dedicação dos cinco especialistas no processo de continuidade do Programa. “As avaliações e pareceres dos membros do PCA serão especialmente importantes no atual momento, em que estamos nos preparando para apoiar a criação e a consolidação de novas Unidades de Conservação”, ressaltou o gestor.

Sérgio Carvalho se referiu às convocações que o Programa Arpa está fazendo, por meio de chamadas públicas, para apoiar a criação e a consolidação e manutenção de novas Unidades de Conservação (UCs). O planejamento de trabalho para o PCA em 2015, elaborado durante a reunião, terá essas avaliações como foco. Também foi pontuada a importância do envolvimento dos especialistas no planejamento, execução e monitoramento do Programa Arpa.

Durante o encontro, Thiago Barros, coordenador da UCP, elencou a avaliação das propostas submetidas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para apoio financeiro ao desenvolvimento de estudos de criação de UCs na região sul do Amazonas. Todos os participantes da reunião votaram pela aprovação das áreas de Juqui / Sepoti, Acari, Manicorezinho / Aripuanã, Mari-Mari / Sucunduri e Guariba.

Participaram da reunião os membros do PCA Eduardo Martins Venticinque, Mary Alegretti, Marcos Amend e Maria Auxiliadora Drumond. Também participaram Thiago Barros, Marco Bueno, Renata Gatti e Luciana Lima (Departamento de Áreas Protegidas / MMA).

Saiba mais
Sobre o PCA
O Painel Científico de Aconselhamento do Arpa tem a missão de avaliar propostas de apoio à criação e consolidação de novas UCs, analisar a metodologia de seleção de áreas e sugerir a aplicação de recursos e monitoramento. Os especialistas do PCA também devem sugerir melhorias ao processo de planejamento, execução e monitoramento do Programa.

Fazem parte da atual composição do PCA Britaldo Soares Filho (Mudanças Climáticas), Eduardo Martins Venticinque (Biodiversidade), Mary Alegretti (Socioambiental), Marcos Amend (Valoração Ambiental), Maria Auxiliadora Drumond (Efetividade e gestão) e José Antonio Marengo (especialista em mudanças climáticas convidado).

Notícias, Notícias sobre o Arpa

Reunião do PCA

Acontecerá entre os dias 13 e 14 de setembro próximo, em Brasília, a reunião do Painel Científico de Aconselhamento – PCA. Este evento contará com a participação dos dois novos integrantes do Painel, especialistas nas áreas de valoração ambiental e efetividade da gestão. Teremos como pauta a análise e discussão dos parâmetros estabelecidos na Estratégia de Conservação e Investimento – ECI do Programa Arpa.

Notícias, Notícias sobre o Arpa

Novos especialistas do PCA

Na última reunião do Comitê do Programa Arpa (CP), realizada nos dias 09 e 10 de fevereiro de 2011, ficou decidido o aumento de três para cinco especialistas membros no número de integrantes do Painel Científico de Aconselhamento (PCA), instância técnica consultiva do Arpa. Para cumprir com esta deliberação e selecionar os novos conselheiros do painel, a Unidade de Coordenação do Programa Arpa (UCP), em 17 de maio, consultou por correio eletrônico os membros do CP sobre as novas linhas temáticas e solicitou a indicação de nomes de renomados pesquisadores para participarem do processo de seleção. Alguns especialistas foram indicados e as áreas temáticas escolhidas foram: *valoração ambiental* e *efetividade da gestão de UCs*. Desta forma, no dia 04 de agosto  disponibilizamos a votação ao CP. Os dois candidatos mais votados foram Maria Auxiliadora Drummond (Efetividade da gestão) e Marcos Amend (valoração Ambiental).