Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Feira dos Povos reúne diversidade cultural do Médio Xingu

Evento conta com a participação de seis Unidades de Conservação federais

 © Todos os direitos reservados. Foto: Bruna Schrickte

Formada por áreas protegidas de fundamental importância para a conservação da floresta e dos territórios de povos indígenas e comunidades tradicionais, a região do Médio Xingu, no Pará, sediará um evento à altura da sua diversidade sociocultural: a primeira Feira dos Povos do Médio Xingu.

Uma realização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em parceria com a Fundação Nacional do Índio (Funai), a Feira acontece nos dias 20 e 21 de junho, das 16h às 20h, na Praça Matias, em Altamira (PA). O objetivo do evento é mostrar a riqueza cultural da região, o potencial relativo aos produtos da agrobiodiversidade, a cadeia produtiva do artesanato e a importância dos povos indígenas e extrativistas.

Por conta das suas estreitas relações com a natureza e do conhecimento que possuem do ambiente onde vivem, essas populações são consideradas verdadeiras guardiãs da biodiversidade. A primeira Feira dos Povos do Médio Xingu contará com a participação de indígenas pertencentes a três troncos linguísticos distintos e com costumes singulares – Tupi, Macro-Jê e Karib – além de seringueiros, castanheiros, pescadores, coletores de óleos e sementes, entre outros.

De acordo com o chefe da Reserva Extrativista (Resex) Riozinho do Anfrísio, Rafael Barboza, a ideia é que a Feira dos Povos se consolide como um evento anual. “Queremos dar visibilidade aos moradores das Unidades de Conservação, pois eles têm uma produção muito orgânica, porém pouco conhecida nas cidades da região. Outra finalidade do evento é promover um intercâmbio entre as próprias comunidades. O nosso território é tão grande que muitas delas não se conhecem entre si”, explica Barboza.

Selo-Arpa1Além da Resex Riozinho do Anfrísio, também participam do evento as seguintes Unidades de Conservação federais: Resex Rio Xingu, Resex Rio Iriri, Resex Verde para Sempre, Parque Nacional da Serra do Pardo e Estação Ecológica da Terra do Meio. A Feira terá exibição de filmes, rodas de conversa, mostra fotográfica, comercialização de produtos, entre outras atividades.

Confira a programação.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
* Matéria assinada por Nana Brasil e publicada em 10/06/2015 no site do IMCBio

 

Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Parque Nacional da Serra do Pardo (PA) retoma reuniões do conselho

Entre os dias 19 e 20 de março de 2014 foi realizada na Base 1 do Parque Nacional da Serra do Pardo, no Pará, a segunda reunião do Conselho Consultivo da unidade de conservação (UC). Entre os temas abordados estiveram a elaboração do plano de manejo e a demarcação da unidade, que devem ocorrer ainda em 2014 com o apoio do Projeto Terra do Meio.

Além disso, foi realizada uma breve capacitação sobre plano de manejo, em que foram apresentados termos importantes para construção do documento e que serão aprofundados na oficina de planejamento participativo que ocorrerá no mês de junho.

O conselho debateu ainda a situação da população tradicional que vive na localidade. Foram esclarecidas várias dúvidas acerca dos usos dos moradores, determinando um calendário de ações para que haja um levantamento do perfil e diagnóstico participativo desses usos.

A Fundação Nacional do Índio (Funai) e a liderança indígena Inamoa Parakanã estiveram presentes na reunião, propondo um novo encontro para integrar as ações de proteção da Funai e Instituto Chico Mendes no Rio Xingu.

Por fim, um plano de ação foi estabelecido, buscando prever as atividades relacionadas à
regularização fundiária, proteção, pesquisa, termo de compromisso e plano de manejo. O Coordenador Regional da CR-3 reforço ainda a importância da participação social na gestão das unidades de conservação e agradeceu a oportunidade de dividir experiências com o conselho.

Na ocasião foi apresentada a nova gestora do parque, a analista ambiental Leidiane Diniz Brusnello, que agradeceu a disponibilidade dos conselheiros em participar da reunião e solicitou o apoio de todos para realizar um bom trabalho na gestão, que até então estava sem um responsável.

Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

* Matéria publicada no site do ICMBio em 25/03/2014

Notícias, Notícias das Unidades de Conservação, Notícias dos Parceiros do Arpa

Projeto Terra do Meio contrata empresa de Consultoria para realização de serviços topográficos de georreferenciamento e sinalização no Parque Nacional Serra do Pardo (PA)

O Projeto Terra do Meio, financiado pela União Europeia, tem a missão de contribuir com a redução do des­matamento e com a conservação da biodiversidade da região amazônica. O projeto está sob coordenação do MMA e é executado pelo ICMBio e SEMA/PA, e seus recursos são gerenciados pelo Funbio e aplicados na operacionalização de conselhos gestores, elaboração de planos de manejo e proteção, compra de equipamentos, monitoramento do uso de recursos naturais e na implementação de estratégias de desenvolvimento local sustentável.Para participar do processo de seleção, as empresas/instituições interessadas deverão manifestar-se até o dia 20 de março de 2014, demonstrando que são qualificadas para desempenhar os serviços descritos no TdR abaixo, apresentando comprovação de capacidade técnica adquirida a partir da realização de trabalhos que se enquadrem no perfil descrito para a realização dos serviços topográficos de georreferenciamento e sinalização no Parque Nacional Serra do PardoOs documentos deverão ser enviados por e-mail para jose.mauro@funbio.org.br, identificados como “Manifestação de interesse_ Consultoria PJ_ Serviços topográficos no PARNA Serra do Pardo e indicando o NOME da Instituição”.Somente serão selecionados para participação no processo, as empresas e instituições que cumprirem com os requisitos solicitados.

O processo será conduzido em acordo com as regras de Contratações e Aquisições da União Européia.

Os recursos para pagamento dos serviços advém do contrato assinado entre a Comunidade Europeia e Funbio.

Clique aqui para acessar o TdR

* Matéria publicada no site do Funbio em 12/03/2014