Notícias, Notícias das Unidades de Conservação

Gestores do ICMBio participam de capacitação no Acre

Representantes da Base Avançada do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da sociobiodiversidade Associada a Povos e Comunidades Tradicionais (CNPT) em Rio Branco (AC) e das Reservas Extrativistas Chico Mendes, do Alto Juruá, do Alto Tarauacá e do Cazumbá-Iracema participaram de 27 a 31 de outubro de um treinamento para aprimorar a gestão participativa nas Unidades de Conservação (UCs) localizadas no estado do Acre. Na oportunidade, foi apresentado aos participantes o sistema de Indicadores socioambientais para Unidades deConservação (sisuc).

A ferramenta avalia 27 indicadores e visa auxiliar a gestão de UCs com foco socioambiental voltado aos Conselhos Gestores em todo o Brasil. O sisuc é público e livre para utilização por organizações dos diferentes setores da sociedade, com os objetivos de apoiar o trabalho deconselhos gestores, fortalecer a gestão participativa e ampliar o controle social nas Unidades de Conservação da Amazônia brasileira. Os indicadores socioambientais nele estabelecidos remetem à coleta sistemática de dados, que têm como desdobramento um plano estratégico de ações que passam a ser monitoradas pelo próprio conselho gestor de cada UC.
Para Tiago Juruá, chefe da Reserva Extrativista (Resex) do Cazumbá-Iracema, a capacitação possibilitou aos gestores conhecer uma importante ferramenta de gestão e avaliação da UC. “O sisuc possibilita uma avaliação da UC baseada nas impressões de seus conselheiros. Com isso, busca envolvê-los também na gestão por meio do Plano de Ação que é construído em conjunto e avaliado a cada reunião do Conselho. Isso é importante pois aproxima o conselheiro da gestão e possibilita dividir melhoras responsabilidades de gestão entre a equipe gestora e oConselho Gestor”, concluiu.
Para Rosenil Dias, analista ambiental do CNPT, esse sistema de indicadores vai ajudar muito os gestores. “Vai ser possível melhorar a qualidade da gestão, visualizando de maneira mais eficiente como está o trabalho da Unidade, além da troca de experiências entre as instituições”, concluiu. Também participaram da capacitação Camilla Helena da silva, da Resex do Alto Tarauacá; José Figueiredo, da Resex do Alto Juruá e Melina de Andrade, da Resex Chico Mendes.
O evento foi ministrado por consultores do Grupo Natureza sociedade e Conservação e promovido pela secretaria de Meio Ambiente do Estado (sema), com apoio da Agência de Cooperação Alemã (GIZ). Informações sobre o sisuc em http://blogdosisuc.socioambiental.org/.
* Publicado no Informativo do ICMBio nº 319